Introdução à Medicina Funcional e Integral - Parte 1

Health and Sports
profile

A construção de uma doutrina médica capaz de lidar com a doença crônica, é a tarefa central da medicina atual. Considero ser esse o caminho para o desenvolvimento de uma medicina funcional (MF). A MF moderna incorpora os conhecimentos das medicinas energéticas ancestrais (medicina chinesa, ayurveda, hipocrática), e todo o acervo de conhecimento contemporâneo oferecido pela vasta produção científica sobre a vida e sobre os sistemas vivos. O sistema vivo é um sistema aberto, complexo e não linear, mantido pela ordem e coerência. A MF aceita o desafio de compreender o ser humano como sistema complexo, e seu padrão individual de desequilíbrio/adoecimento.

Na verdade, o nome mais adequado para essa medicina seria o de medicina de suporte a vida. Mas, na nossa cultura, soaria como uma medicina intensivista. Isso revela a natureza da medicina oficial e da nossa cultura, que fala de vida em oposição à morte.

Medicina da vida é a medicina que entende e valoriza os processos que mantêm a vida no organismo e em seu ambiente, e sua terapêutica busca dar suporte a tais processos.

Grande parte da história da medicina, desde Hipócrates, foi dominada pelo vitalismo médico. A ciência clássica mecanicista praticamente extinguiu o pensamento médico vitalista. Com os avanços das ciências da complexidade, fomos capazes de compreender grande parte dos processos que mantêm a vida. Isso permitiu o renascimento do vitalismo que orienta a medicina funcional de suporte a vida.

Pensamento e prática médicos se nutrem mutuamente. É muito limitante incorporarmos práticas terapêuticas da medicina funcional, e continuarmos pensando como alopatas. Daí o destaque que esse curso dá à cultura e ao sistema de pensamento médicos. Quando ganhamos cultura médica, temos mais recursos para compreender a complexidade do adoecimento, e para auxiliar o indivíduo na sua recuperação.

Advantages

A medicina oficial segue o paradigma químicomecanicista das ciências clássicas. Concebe o corpo enquanto estrutura (mecanicismo), reduz o funcionamento do organismo às reações químicas que acontecem nas células (quimismo), aborda o sistema vivo como sistema linear e fechado, e usa a química sintética como terapêutica única.

O adoecimento é identificado pela presença da lesão no tecido ou órgão – medicina lesional e localista (especializada nas partes). Essa medicina nasceu do desafio da doença bacteriana aguda (tuberculose, difteria, pneumonia, etc). Desse movimento, foi construída a teoria do germe, que é a principal teoria a sustentar o pensamento médico oficial, ainda hoje.

Mas, o perfil do adoecimento humano mudou completamente nos 100 anos de dominância da teoria do germe. Cerca de 90% do adoecimento humano atual ocorre por doenças crônicas (doenças sistêmicas, sem lesão). É evidente que uma teoria cujo objeto central é a doença bacteriana aguda, não tem recursos para compreender o adoecimento crônico. Vide os 90% de idiopatia que a medicina oficial carrega consigo. Uma nova doutrina médica deve ser construída para a abordagem do adoecimento humano dos dias de hoje. O curso oferece informação e recursos para a construção e para a prática de uma doutrina médica de base funcional e integral, centrada na vida - uma medicina vitalista moderna de paradigma energéticoinformacional.

Essa é a primeira metade do curso de Introdução à Medicina Funcional e Integral do Prof. Dr. Eduardo Almeida, em breve estará disponível a segunda metade do curso.

7-day warranty

Safe payments

Frequently Asked Questions

I can see this page is a Hotmart Public Profile. What is this?

Hotmart Public Profile is a promotional channel for Producers and digital products sold through Hotmart. These products are online courses, ebooks, video lesson series, among others. The objective of the Public Profile is to help you learn more about the content and specificities of the product, helping you in your purchasing decision. This means that the images, texts, comments, and achievements shown on this page are truly representative of theses products’ content. If you don’t agree with something being displayed, please contact us using this channel