profile

Imagem Avançada para tomada de decisões sobre Trombectomia

Health and Sports
profile
O acidente vascular cerebral (AVC) é uma das maiores causas de morte e
incapacidade funcional no mundo. Em algumas regiões do Brasil ainda figura como a
principal causa de morte. Caracteriza-se por um déficit neurológico, geralmente focal, de
instalação súbita e rápida evolução, decorrente do dano localizado em alguma região
cerebral, o qual pode ser de natureza isquêmica (AVCI) ou hemorrágica (AVCH).
O AVCI pode ser classificado com base no mecanismo determinante do fenômeno
isquêmico. Os mecanismos mais comuns são a trombose de grandes vasos, a embolia de
origem cardíaca e a oclusão de pequenas artérias. Caso o fenômeno isquêmico cerebral
seja de menor duração e intensidade, não levando ao dano tissular irreversível, o déficit
neurológico súbito será passageiro, geralmente com duração de poucos minutos, ao que
chamamos ataque isquêmico transitório (AIT). Com a persistência da agressão isquêmica
surge uma região de infarto cerebral propriamente dito, onde o dano funcional e estrutural
é irreversível, e outra funcionalmente comprometida, mas ainda estruturalmente viável e
potencialmente recuperável, denominada região de penumbra isquêmica. Este conceito
de penumbra isquêmica é básico para o entendimento das medidas terapêuticas na fase
aguda do AVCI, já que sua preservação é o maior objetivo do tratamento nesta fase e, por
essa razão, a agilidade em todas a etapas do atendimento é determinante para o sucesso
do tratamento.
Protocolos tem como objetivo geral a implantação de um programa institucional multiprofissional e interdisciplinar para a avaliação e tratamento dos pacientes com acidente vascular cerebral (AVC).
Os objetivos específicos destes protocolos incluem a rápida identificação dos sinais de alerta para um AVC, o pronto desencadeamento do processo de investigação diagnóstica, o rápido início das medidas terapêuticas de fase aguda, a implantação de medidas de prevenção secundária e reabilitação, seguindo as diretrizes preconizadas .
Ler mais
  1. Advantages
  2. Details

Fábio Noro, Mestre em Radiologia, Médico Radiologista da Rede Dor São Luís e do HUCFF-UFRJ, apresenta a palestra "Imagem Avançada para tomada de decisões sobre Trombectomia". É apresentado o fluxograma de atendimento de paciente com AVC agudo seguido pela Rede Dor São Luíz que inclui Tomografia Computadorizada sem contraste, Angiografica com estudo de colaterais, perfusão e Ressonância Magnética. Tais etapas buscam reconhecer o tamanho da área infartada (se pequena inicia-se a trombólise venosa), se há obstrução de grandes artérias ou isquemia, se há boas colaterais no estudo angioráfico e ainda, qual o tamanho da restrição a difusão na RM.

7-day warranty

Safe payments

Frequently Asked Questions