profile

Ebook: Portugal - Fundação e Morte

Literature
profile
Port du Graal, poderá ser esta a origem mítica do nome de um pais chamado Portugal ?
Fundado poucos anos após a criação da Ordem do Templo ( Templários), o então Condado Portucalense (futuro Portugal) está envolto em mistério e culto.
Esta obra restaura essa aura, de uma génese esóterica da criação de uma nação, conhecida hoje como Portugal.
Seguindo a tradição poética do pais (ex. Camões e Fernando Pessoa), o Autor sob a forma de versos, tenta desvelar a origem mítica do país.
Serão os antigos Lusitanos, filhos de geração atlante ?
O que justifica a presença de uma cultura megalítica na região, ainda mal explorada ?
Porque existem tantos cultos à Lua, e ao Eterno Feminino, cujo apogeu é o Santuário dedicada a Nossa Senhora de Fátima, ainda hoje existente ?
Estará a fundação do Condado Portucalense, relacionado com a tentativa de criação de uma Jerusalém no Ocidente ?
Porque foi a Ordem de Cristo, originária de Portugal, a legítima herdeira dos privilégios da Ordem do Templo (Templários) ?
De que forma, pode estar essa herança histórica relacionada com os Descobrimentos ?
Porque entrou Portugal em declínio após essa época de ouro ?
Que influência pode ter esse declínio nos dias de hoje dos portugueses ?
Esta obra, de forma sintética, e em linguagem simples, mas poética, é uma introdução ao estudo de um Portugal Esotérico, que nem sempre é explicado em cursos e programas de História de Portugal.
O Leitor interessado poderá nela encontrar, pistas, e mistérios que uma vez seguidos, o irão guiar num caminho de revelação e suspense sobre a Fundação e Morte da Nação mais antiga da Europa.
Aceita você este desafio ?
Read More
  1. Advantages
  2. Details

O projecto inicial da monografia "Portugal - Fundação e Morte" foi apresentada pela primeira vez no programa de Doutoramento em Estudos Europeus da Universidade Católica (UCP), no decurso do Seminário "Geopolítica de Portugal".

Até ao presente foi o único trabalho apresentado sob a forma de obra poética na UCP, neste plano de estudos.

A sua estrutura é composta por vinte e oito poemas, divididos em grupos de sete cada, correspondendo cada agrupamento uma estação do ano.

Cada uma dessas estações por seu turno, retrata uma fase da História de Portugal, desde a sua fundação (Primavera), até ao presente (Inverno).

Estrutura da Obra

Parte I - Primavera

. Mito

. Lua

. Deusa – Mãe

. Espiral

. Pedra

. Idades

. Alma

Parte II – Verão

. Odisseia

. Lusíadas

. Cruzada

. Descobrimentos

. Espírito Santo

. V Império

. Mensagem

Parte III – Outono

. Alcácer – Quibir

. Ibéria

. Ultimatum

. República

. Europa

. Globo

. Morte

Parte IV – Inverno

. Povo

. Espaço

. Poder

. Riqueza

. Coisas

. Tempo

. Fé

Advantages

7-day warranty

Safe payments

Frequently Asked Questions