profile

34) Bordoadas do Destino

Literature
profile
01. Bordoadas do destino
Ao amanhecer, torcido pela a dor...
Ele segue a estrada seca;
Levando na pele e na sina
A cor negra da noite.
Marcado pelos os açoites
Das bordoadas do destino:
Cabisbaixo... O velho caminha
Sobre um velho burro cargueiro
(Levando barris divididos...).
Os dois velhos... Desprotegidos...
São bons companheiros!
E seguem - sozinho... Sozinho...
- E a sombra desanimada
Segue rente ao chão:
Paralela ao burro
E ao negro sem ilusão!
A água está longe... No entanto,
Mais próxima que a esperança
De que um dia acabe a seca e a fome:
Miséria do sertão.
O velho esgotado,
Sem recurso e prestigio, nos revela...
Através de simples e profundo vestígio,
Onde a sofrida feição nos expressa,
Um silencioso hino...
Por marcas inevitáveis...
Das bordoadas do destino.
Ler mais
  1. Advantages
  2. Details

As obras de José Vieira Cabral ou, “Cabral Veríssimo” (Tanto, os cursos quantos os e-books) são de grande qualidade intelectual. Quando o Autor publicou o seu Segundo livro, Espelhos de Sol, em formato físico e também digital – A Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, o classificou no ano de 2.000, como um dos “Cem primeiros Escritores do Brasil”, devido ao seu estilo narrativo.

7-day warranty

Safe payments

Frequently Asked Questions